1965 - Duas Tribos

Letra: Renato Russo
Música: Dado Villa-Lobos/Renato Russo/Marcelo Bonfá

Vou passar, quero ver
Volta aqui, vem você
Como foi, nem sentiu
Se era falso ou fevereiro

Temos paz, temos tempo
Chegou a hora e agora é aqui

Cortaram meus braços
Cortaram minhas mãos
Cortaram minhas pernas
Num dia de verão

Num dia de verão
Num dia de verão
Podia ser meu pai
Podia ser meu irmão

Não se esqueça, temos sorte
E agora é aqui

Quando querem transformar
Dignidade em doença

Quando querem transformar
Inteligência em traição

Quando querem transformar
Estupidez em recompensa

Quando querem transformar
Esperança em maldição

É o bem contra o mal
E você de que lado está ?
Estou do lado do bem
E você de que lado está ?

Estou do lado do bem
Com a luz e com os anjos

Mataram um menino
Tinha arma de verdade
Tinha arma nenhuma
Tinha arma de brinquedo

Eu tenho um autorama
Eu tenho Hanna Barbera
Eu tenho pêra, uva e maçã
Eu tenho Guanabara
E modelos Revell

O Brasil é o país do futuro
O Brasil é o país do futuro
O Brasil é o país do futuro
O Brasil é o país

Em toda e qualquer situação
Eu quero tudo
P'ra cima (4x)