Metrópole

Letra: Renato Russo
Música: Dado Villa-Lobos/Renato Russo/Renato Rocha/ Marcelo Bonfá

"É sangue mesmo, não é mertiolate."
E todos querem ver
E comentar a novidade.

"É tão emocionante um acidente de verdade."
Estão todos satisfeitos
Com o sucesso do desastre:

"-Vai passar na televisão."

"Por gentileza, aguarde um momento.
Sem carteirinha, não tem atendimento
Carteira de trabalho assinada, sim senhor.
Olha o tumulto: façam fila por favor."

"-Todos com a documentação"

"-Quem não tem senha, não tem lugar marcado.
Eu sinto muito, mas já passa do horário.
Entendo seu problema mas não posso resolver:
É contra o regulamento, esta bem aqui, pode ver."

Ordens são ordens.

"-Em todo caso já temos sua ficha.
Só falta o recibo comprovando residência.
P'ra limpar todo esse sangue, chamei a faxineira
E agora eu já vou indo senão eu perco a novela

E eu não quero ficar na mão."